Amo-te

Foto de Bob Camargo





Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio

ou seta de cravos que propagam o fogo:

amo-te como se amam certas coisas obscuras,

secretamente, entre a sombra e a alma.

Amo-te como a planta que não floriu e tem

dentro de si, escondida, a luz das flores

e, graças ao teu amor, vive obscuro em meu corpo

o denso aroma que subiu da terra.

Amo-te sem saber como, nem quando, nem onde,

amo-te directamente sem problemas nem orgulho:

amo-te assim porque não sei amar de outra maneira,

a não ser deste modo em que nem eu sou nem tu és,

tão perto que a tua mão no meu peito é minha,

tão perto que os teus olhos se fecham com meu sono.




(Pablo Neruda)

Comentários

sonhos sonhados disse…
Lumife

desejo agradecer
o carinho das tuas palavras
no meu bloguinho bébé...

sobre o teu post...
nada melhor
para o meu sonho
de hoje...
como o poema maravilhoso
do
poeta maravilhoso,
que foi Pablo Neruda.

"Amo-te"
traduz
não apenas
uma das ilimitadas definições
de um amor...
como a sensualidade e a doçura
de alguém
que sabe o que é amar.

gostei muito...
boa escolha!

beijux létinha.
sonhos sonhados disse…
Lumife

desejo agradecer
o carinho das tuas palavras
no meu bloguinho bébé...

sobre o teu post...
nada melhor
para o meu sonho
de hoje...
como o poema maravilhoso
do
poeta maravilhoso,
que foi Pablo Neruda.

"Amo-te"
traduz
não apenas
uma das ilimitadas definições
de um amor...
como a sensualidade e a doçura
de alguém
que sabe o que é amar.

gostei muito...
boa escolha!

beijux létinha.
sonhos sonhados disse…
Lumife

perdão... pela repetição
do meu comentário.......
........................
mas...
sou tão pequenino ainda!!!
e
faço "asneiritas".

por essa razão 2 beijux da létinha.
batista filho disse…
A Poesia de Pablo tem a força dos vagalhões, nas tempestades mais violentas... e a carícia da espuma que beija a areia da praia, num dia de mar sereno. :)
nikonman disse…
Que bom reler Pablo Neruda.
wind disse…
Belo!:) beijos
Isabel-F. disse…
Oi Lumife...

Venho agradecer-te a tua visita ao meu Blog...

Gostei muito de aqui estar... o poema deste Post é lindissimo....


Vou voltar certamente...
para além disso... adoro o Alentejo...

Bjs
Ludinais disse…
Continuamos a visitá-lo todos os dias pela poesia deste seu espaço. Mesmo quando não há poesia!
mad disse…
Parabéns pela escolha.
Colour disse…
está mesmo bonito! :)
um bjo*

Mensagens populares deste blogue

ACORDANDO

ALDA GUERREIRO

ANRIQUE PAÇO D'ARCOS - UM POETA PORTUGUÊS...