Meu Alentejo





(Clique sobre a foto para ver em tamanho maior)


(Foto de Zespinho - Alentejo United Color - Fotografia na Net)






"Amo a Liberdade, por isso... deixo as coisas que amo livres... Se elas voltarem é porque as conquistei... Se não voltarem é porque nunca as possuí."



(Jonh Lennon)



Comentários

wind disse…
Bela frase de John Lennon. Sempre fui fã dele:) beijos
I disse…
que fotografia linda!
adesenhar disse…
bela foto
e john idem :)

tenho pena mas só conheço o alentejo de verão.
reservo há anos uma visita ao alentjo no inverno e primavera, para apreciar toda esta bela mistura de cores.
esse dia chegará um dia :))

:)))
I disse…
obrigada tb pela sua visita.É que vivi em Beja muitos anos, apesar de ser de lisboa e recordo a paisagem , as pessoas, as cores, os cheiros...a foto do Zé Espinho(um dos fotografos de maior talento e sensibilidade da cidade)tocou-me, por isso, profundamente.
paper life disse…
É triste, Lumife, nunca pensei voltar à necessidade da poesia de intervenção.

Mas temos todos de nos despertar uns aos outros. Nada está ganho e muito se perdeu já.

Beijo amigo.

Madalena
sound of fury disse…
Bom dia, o blog está em reconstrução peço desculpa pelo incómodo

Fury
Ludinais disse…
Devíamos fazer de palavras assim, os nossos lemas de vida, não é?

Um beijinho.
batista filho disse…
A Utopia é meta, por isso a atualidade da frase de Lennon. Além da Liberdade - Igualdade e Fraternidade, vivenciadas impediriam a exploração do homem pelo homem.
A Utopia é meta, caminho a ser percorrido todo dia, a vida toda.
Lumife disse…
Wind :

Mais uma no universo das fãs de Jonh.


I&C :

Ob pela tua 1ª visita e que se repita muitas vezes.


adesenhar :

Qualquer dia combino e fazemos uma excursão ao Alentejo. No dia 1 de Novembro, em Alvito, há a feira de Todos Os Santos, festa centenária. Se quiseres aproveitar...

Rain - Maker :

Há momentos de desânimo mas continuo esperançado em dias melhores apesar de todas as evidências.


Sound of Fury :

Aguardamos a reconstrução.
Lumife disse…
Ludinais :

Eu acredito e tento seguir esses pensamentos.

Beijinho


Batista Filho :

Eu continuo no caminho da Utopia.
Menina_marota disse…
As cores da Terra... as cores do Alentejo, em toda a sua plenitude.

Uma frase que me diz muito, esta de Lennon...

;)
25MAX04 disse…
Bela imagem, pois mostra toda a beleza de uma simples paisagem, e sem dúvida uma grande citação, "ninguém é de ninguém"!
Anónimo disse…
ola boa noite, tenho passado varias vezes pelo seu blog e adoro
ver as fotos e poemas que tem, para ser sincero, e aproveito para pedir desculpa pelo atrevimento, mas ate copiei algumas fotos, tambem sou alentejano e adoro o alentejo, sou do destrito de Beja concelho de Aljustrel, talvez conheça Messejana.
pois vou deixar-lhe o endereço do meu spaces para se tiver tempo e quizer dar uma vista de olhos.
http://cantinhodoalentejano.spaces.live.com
um abraço e saudaçoes alentejanas

Mensagens populares deste blogue

ACORDANDO

ALDA GUERREIRO

ANRIQUE PAÇO D'ARCOS - UM POETA PORTUGUÊS...