quinta-feira, outubro 13, 2005




VOLTAVA A GOSTAR DE TI




Sonhos perdidos na bruma,
Quimeras feitas de espuma
São rendas que a vida tece;
Dá-se às vezes por cegueira
Uma vida toda inteira
A quem depois nos esquece.


Olho as linhas desenhadas
Em rotas desencontradas
Que as pombas traçam no ar;
Lembram-me os caminhos meus
Que por destino dos céus
Percorri p’ra te encontrar.


Hoje estou de alma serena,
Pois sei que valeu a pena
Cada hora que vivi;
E se por destino ou fado
Voltasse atrás ao passado…
Voltava a gostar de ti!



Orlando Fernandes in Fronteiras do Sonho










SOLIDÃO



Quero mergulhar no fundo dos teus olhos,
Este amor gritar perdidamente;
Esquecer que a minha vida é mar de escolhos,
Barco solto levado p’la corrente.


Sentisse uma só vez o teu carinho,
Um gesto de ternura ou de afeição,
E não me quedaria tão sozinho
Na minha louca e triste solidão.


Dou vida em cada dia à falsa imagem
Dum sonho renovado, uma miragem
Que se esfuma para lá do horizonte.


Falho de amor, de esperança e de coragem,
Caminheiro perdido na viagem,
Morto de sede … à beira de uma fonte!



Orlando Fernandes-in Fronteiras do Sonho

6 comentários:

doceamormeu disse...

Solidão?...ahhh... acho que não ;P ...
Tens mtas miudas ao teu redor...é o que eu penso...
Desejo uma linda noitinha com amor pra ti...
Beijosss...

wind disse...

Mas que belo e triste soneto. Bom post:) bjs

Isabel-F. disse...

tás numa de tristeza????

novamente um texto triste... embora bonito...

Bjs

Mónica disse...

Solidão...por vezes sentimo-nos sós mesmo rodeados de gente...falas de uma solidão inteiror. Num vazio que ainda não foi ocupado ou foi desocupado. Alegra-me ver estes poemas que publicas, todos os poemas são bonitos pois dizem que os poetas sentem e vêem tudo de outra forma. Um beijo para ti

batista filho disse...

Que beleza de versejar! Valeu, mesmo!!!

Dizzie disse...

"...Que por destino dos céus
Percorri p’ra te encontrar.


Hoje estou de alma serena,
Pois sei que valeu a pena
Cada hora que vivi;"



"Morto de sede … à beira de uma fonte!"

Ptrecioso....este Autor es......uauuuu!!!

:)***