sábado, março 25, 2006

Canção da Esperança

Foto de Francis Toussaint





É urgente que as rosas
deixem de ser
prisioneiras dos canteiros,
e subam no espaço
entornando
nas nossas cabeças
perfumes e pétalas
com aromas cheirando a mãos dadas.


É urgente que os pássaros
desçam dos céus,
e poisem nas crianças
gorgeando árias suaves
e ensinando-lhes futuros
que só eles sabem,
porque voam alto
como todos os pássaros livres.


É urgente que o arco-íris
com génio de pintor,
dispa algumas das sete cores
e tinja de azul celeste
ou de verde esperança
o cinzento preocupante
das armas apontadas
ao peito dos vencidos.


É urgente acreditar
que o mundo…ou a vida
pode um dia acordar
feita rio cristalino,
onde para além dos salgueiros,
veremos reflectida nas águas
a imagem fraterna
dos homens reconciliados!









(Orlando Fernandes in Alentejo…e Outros Poemas)

5 comentários:

Isa&Luis disse...

olá:)) gostei muito do poema, sentido e profundo.

Deixo-te um da primavera

A beleza de uma flor
anunciando A primavera!
O amor que floresce a cada segundo
fazendo do tempo uma quimera
como aromas de perfume
intenso e cálido
A sua candura é o renascer
da natureza.

Bom fim de semana

beijinhos

Isa

Lisa disse...

Lindo sábado com ternura pra ti...
Beijos na Carolzinha e outro para o lindo vozito ;)

Smacksssss...

wind disse...

Grande poema deste poeta que cada vez gosto mais:) E bonitas imagens que escolheste. beijos

lena disse...

Lumife um poema lindo "CANÇÃO DA ESPERANÇA" de um poeta que li pouco, desconhecia este "esperança"

partilhas sempre algo que admiro, vivo entre o mar e a poesia, encontro aqui sempre algo diferente e enquanto lia lembrei-ne de outra poeta que tabém soube escrever este "é urgente..."

deixo para ti querido amigo:


É urgente que as pessoas se amem

É urgente que as pessoas se amem
sem vergonha e sem tristeza
Que se amem com orgulho
Com a alegria pagã da joie grega

É urgente que as pessoas não se escondam
por detrás das outras pessoas
das ideias das outras pessoas
dos muros espessos do medo

É urgente que as pessoas se amem

É urgente partilhar o pão e o corpo
com a claridade da terra molhada
nas manhãs de sol

É urgente assumir a verdade

Manuela Amaral

deves conhecer certamente

beijinhos muitos para ti amigo e beijinhos doces à Carolina que deve estar um encanto

lena

Lisa disse...

Olá Lu...

Vim desejar uma semana super maravilhoso pra ti...

Te cuida...

Beijinhussss...