Avançar para o conteúdo principal
Olhares-foto de David Caretas




Mulher

No dia que aceitares
Aquilo que a vida te der,
Nunca mais terás revolta,
Serás, juro, uma mulher.

Aquela que não se importa
Que o Mundo grite de si,
Mostrando aquilo que é,
Tornará alguém feliz.


Darás ajuda a qualquer,
Sem esperares recompensa,
Porque tu és consciência
És bondade e paciência.


És uma alma liberta
Procurando vida aberta,
Porque no teu coração
Não mora a ingratidão.



Olinda
Março/05






Flores para as Mulheres que me visitam.




PENSO EM TI (eu sei)


Eu sei
Lá fora a chuva cai
O sono já lá vai
Outra vez eu te amei
Eu sei
(Penso em ti, penso em ti)
Quando o sol nascer
(Penso em ti, penso em ti)
Vou ter que perder
O medo de te dizer

Sou eu que vai mudar
Sou eu quem vai sair
Talvez até‚ chorar
Não sei
O que está p'ra vir
Talvez eu vá mentir
O que lá vai, lá vai
Lá fora chuva cai...

Eu sei
(penso em ti, penso em ti)
Que a tristeza vem
(penso em ti, penso em ti)
Ao deixar alguém
A quem tanto me dei
Eu sei
(penso em ti, penso em ti)
Talvez eu vá perder
(penso em ti, penso em ti)
Doa a quem doer
Vou ter que te dizer: Não!

Sou eu quem vai mudar
Lá fora chuva cai
Sei
Sou eu quem vai mudar
Sou eu quem vai sair
Talvez até‚ chorar
Não sei
O que está p'ra vir
Talvez eu vá mentir
O que lá vai, lá vai
Lá fora chuva cai...

(Adelaide Ferreira)

Comentários

wind disse…
2 lindíssimos poemas de libertação da mulher. beijos
TMara disse…
Obrigada pelas flores. qnt ao poema.....hummmmmmmmmmmmm
Obrigada por dedicarem o banner do encontro à mulher.
Bjs de luz e paz por um mundo em k toods os dias sejam de todos nós
lazuli disse…
passei para um beijo neste dia 8 de Março, que de forma tão bonita dedicas às mulheres.
Hoje dedico-o também ao meu filho que faz anos. Em miudo tinha a mania de embirrar com o dia da Mulher...justamente no dia "dele".

Beijos para ti, e uma leve esperança de ir ao Alvito.

E obrigada.
soldeinverno disse…
lindos.... obrigado pelas flores.... beijokas e um bom dia da mulher pa ti...
Isabel-F. disse…
Obrigada....

gostei imenso.

Bjs
segurademim disse…
... sabia que tinha algo para mim hoje aqui na tua casa; já recolhi as flores e deliciei-me com a Adelaide.

Beijo, feliz dia para ti e tuas mulheres!
romero disse…
Bellos poemas, amigo !
hoy ellas tienen derecho a todo:)

perdon por nuestra ausencia, no tenemos muy tiempo :(

abrazo, Lumife
Kalinka disse…
LUMIFE:
Muito obrigado pela tua visita, hoje, especialmente, ao meu kalinka.
Também quero agradecer as flores que ofereces às Mulheres que aqui te vieram visitar, posso dizer que foram as únicas que recebi hoje.
Beijokinhas à mulher mais pequenina que tens em casa, a tua neta. Beijokas para ti também.
Mily disse…
Uma bela homenagem que nos prestaste com tanta dedicação. Obrigada! Estou colhendo a rosa que nos ofertaste, mas deixo um afetuoso abraço e os votos de que consigas sempre realizar teus projetos de vida.
Malae disse…
Aceito a flor e agradeço! Que um dia seja possível todas as mulheres do mundo gozarem em pleno os seus direitos neste dia! Para que ele possa fazer mais sentido!

Um abraço amigo,
Malae**************
menina graça disse…
Bonita homenagem à mulher! Obrigada pela pequenina parte que me cabe, mesmo com um dia de atraso. :)
bitu disse…
Obrigada pelas flores, obrigada pela partilha destes poemas lindissimos. Saudações alentejanas. Um abraço de Lisboa a Alvito :-)

Mensagens populares deste blogue

Cantiga para não morrer de Ferreira Gullar

Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve. 
.
Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.
.
Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.
.
E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.
.
Ferreira Gullar

Como a noite descesse...

Como a noite descesse e eu me sentisse só,
só e desesperado diante dos horizontes que se fechavam,
gritei alto, bem alto: ó doce e incorruptível Aurora!
e vi logo que só as estrelas é que me entenderiam.
Era preciso esperar que o próprio passado desaparecesse,
ou então voltar à infância.
Onde, entretanto, quem me dissesse
ao coração trêmulo:
- É por aqui!

Onde, entretanto, quem me disesse
ao espírito cego:
- Renasceste: liberta-te!

Se eu estava só, só e desesperado,
por que gritar tão alto?
Por que não dizer baixinho, como quem reza:
- Ó doce e incorruptível Aurora...
se só as estrelas é que me entenderiam?

Emílio Moura



Emílio Guimarães Moura (14 de agosto de 1902Dores do Indaiá28 de setembro de 1971Belo Horizonte) foi um poetamodernista, integrante do grupo de modernistas mineiros que ajudaram a revolucionar a literatura brasileira na década de 1920. Foi redator de cadernos literários dos periódicos Diário de Minas, Estado de Minas e A Tribuna de Minas Gerais. Moura foi também professor universit…

SE FOSSES ...

Se fosses luz serias a mais bela De quantas há no mundo: – a luz do dia! – Bendito seja o teu sorriso Que desata a inspiração Da minha fantasia! Se fosses flor serias o perfume Concentrado e divino que perturba O sentir de quem nasce para amar! – Se desejo o teu corpo é porque tenho Dentro de mim A sede e a vibração de te beijar! Se fosses água – música da terra, Serias água pura e sempre calma! – Mas de tudo que possas ser na vida, Só quero, meu amor, que sejas alma!

António Botto
Foto de Aleksandr Krivickij