domingo, dezembro 17, 2006



ATÉ SEMPRE

MEUS AMIGOS


….é verdade o “BEJA” vai encerrar.
Desde Junho de 2004 até Julho de 2005, no SAPO, foi uma etapa muito interessante, uma novidade e uma série de descobertas. Depois passou para o Blogspot onde se tem mantido até hoje com grande aceitação dos amigos comentadores
.
Este blog foi muito importante para mim pois foi com ele que tive o gosto de conhecer muitos amigos virtuais e com o tempo tive o prazer de partilhar pessoalmente grandes amizades.

Também este espaço – através da vertente poética – teve uma importância tamanha na viragem da minha vida. Permitam-me que neste ponto fique por aqui…

Outros projectos irei tentar levar por diante e para eles preciso de mais tempo do que disponho actualmente.

Na hora da partida não posso deixar de fazer uma série de referências aos Amigos que aqui encontrei :

Começarei por um grupo que me acompanhou desde o primeiro momento e assim se conseguiu levar por diante, com muito êxito, um projecto chamado: I ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO:

DINA MONTEIRO – ( GASTR’EAT ) Um exemplo de poder de iniciativa,
conhecedora profunda do seu trabalho, sempre disponível para colaborar em tarefas que tragam bom nome ao Concelho de Alvito ( e não é alentejana…)

ANTÓNIO LASCAS – ( MAR ADENTRO ) O técnico… Com os seus conhecimentos conseguimos publicitar por toda a blogosfera o nosso Encontro.

NUNO PEREIRA – ( Tem o Blog suspenso) A disponibilidade em pessoa. A preparação do Encontro muito lhe deve.

LOPES GUERREIRO – ( ALVITRANDO )A sua experiência e conhecimentos sempre ao serviço de causas, esta em prol de Alvito.

Obrigado Amigos !

(Os blogs podem ser visitados clicando nos links que apresento no lado direito)

Também quero deixar um agradecimento aos Amigos que tive o grato prazer de conhecer nesse Encontro. Honrou-nos a sua presença . Eis os Participantes nesse Encontro:

A NOSSA CASINHA

ALCÁÇOVAS

ALVITRANDO

AJPM NA BLOGOSFERA

AMOR ALVA

ASUL

ATRIBULAÇÕES DE UM ALENTEJANO EM DIRECTO

BEJA

CONFESSIONÁRIO DO DILBERT

ESTRANHOS DIAS E CORPO DO DELITO

FANTASIAS

GASTR’EAT

MAR ADENTRO

OUGUELA COM VIDA

PRAÇA DA REPÚBLICA EM BEJA

REAL POLITIK

SANTA MARGARIDA

TVALENTEJO


Não poderei aqui enumerar todos quantos me acompanharam durante estes tempos. Há no entanto alguns blogs que não podia deixar de realçar arriscando-me a cometer algumas faltas que por certo me perdoarão.

A DESENHAR – ( Um abraço amigo)

A LOUSA ELECTRÓNICA - (Um abraço)

À SOMBRA DO CHAPARRO - (Um abraço, Compadre)

AFINIDADE - (Um beijinho para a doce Mily)

ALICIANTE - (Beijinhos)

AO SUL - ( Sónia, Beijinhos)

ARTE & DESIGN DE ISABEL FILIPE - (Beijos)

ARTE POR UM CANUDO - (Agostinho, um abraço)

AZORIANA - ( Rosa Maria, beijinhos)

AZUL CELESTE1 - (Um beijinho para a romântica Lisa)

BLOG DO BARÃO - (Francisco, um abraço)

CABANA DE PALAVRAS - (Fazes falta Lena. Um beijo)

CIDADE SITIADA – ( Continua com os teus blogs. Beijo)

COURA-MAGAZINE – (Um abraço)

CONVERSAS DE XAXA – (Um abraço para o Peter)

DE CAMINHO (Weg M.P. vou ter saudades)

DELÍRIOS ASCII – ( Um abraço)

FRAGMENTOS DA LUA – (beijinhos)

GRILINHA (Continuarei a visitar-te. Beijinhos)

IDEIAS SOLTAS – (Um abraço)

ILHA DOS MUTUNS (Aquele abraço fraterno)

MENINA MAROTA (Gosto muito dos teus blogs. Beijinhos)

MONSARAZ – (Continua a apresentar a tua arte fotográfica)

NIMBYPOLIS – ( Um abraço)

O MICRÓBIO – (Um abraço para o amigo Carlos)

O MONTADO – ( Manel não te canses de os desmascarar… Um abraço)

OLHARES EM TONS DE MARESIA – ( Bela obra a que constróis dia a dia. Beijo)

OUTRA VOZ – (Um abraço)

POEMAS DE AMOR E DOR – ( Rogério desejo a tua recuperação. Um abraço)

POESIA PORTUGUESA – (Beijo)

PORTAS DE MÉRTOLA – (Um abraço)

SNAIL TALE – (Beijo)

SULISTA – (continua a tua luta. Beijo)

TURISTAR – ( um abraço)

VERSUS DIVERSUS - (Ana um beijinho e até sempre)

VIDAS – ( Amiga Olinda agora é a tua vez. Tens obra a fazer. Beijos)

YULUNGA- (beijo)

WEBCLUB – (Isabel tudo de bom para ti. Beijos)







Por aqui me fico desejando a todos um Bom Natal e um Ano Novo muito próspero.

ATÉ SEMPRE , MEUS AMIGOS

sábado, dezembro 09, 2006

André Gonçalves (1686-1762)-Adoração dos Magos s/ data, óleo sobre tela - Museu Nacional de Machado de Castro - Coimbra



NATAL ALENTEJANO

O Natal também se celebra em Portugal sem a Missa do Galo. Apesar desta ser o centro de todo o ciclo comemorativo e comandar as demais manifestações, a tradição – muito viva no Alentejo – de representar os chamados “presépios vivos” pode assumir o seu lugar, como acontece na paróquia da Trindade, Beja.

A iniciativa partiu dos próprios fiéis e mesmo as gentes que há muito saíram da aldeia para ganharem a vida acabam por se deslocar propositadamente aos ensaios. O que se faz é contar a história toda do nascimento em verso.

Os autos de Natal inserem-se na tradição do teatro popular e representavam-se primariamente ao ar livre, na noite de Natal, das 21h às 06h00. Hoje o auto de Natal continua a demorar horas, mas já é feito no salão paroquial.

A Missa do Galo continua, ainda assim, a ser a principal protagonista da noite cristã no Alentejo. O tributo ao Deus menino "em palhas deitado” é conhecido de todo o país:

Eu hei-de dar ao Menino
Uma fitinha p'ró chapéu
E Ele também me há-de dar
Um lugarzinho no Céu...

Olhei para a céu
Estava estrelado
Vi o Deus Menino
Em palhas deitado.

Em palhas deitado
Em palhas esquecido
Filho de uma rosa
Dum cravo nascido

Estas palavras disse a Virgem
Ai quando nasceu o Menino
Ai vinde cá meu anjo loiro
Meu sacramento divino

Outro contributo incontornável do Natal Alentejano para a vivência da quadra em todo o Portugal é o “Natal de Évora”:

O Menino está dormindo
Nas palhinhas despidinho
Os anjos lhe estão cantando:
Por amor, tão pobrezinho.

O Menino está dormindo
Nos braços de S. José
Os anjos lhe estão cantando:
Gloria tibi, Domine.

O Menino está dormindo
Nos braços da Virgem pura
Os anjos lhe estão cantando:
Glória a Deus lá nas alturas.

O Menino está dormindo
Um sono de amor profundo
Os anjos lhe estão cantando:
Viva o Salvador do mundo


O madeiro de Natal

O madeiro é aceso na chaminé de todas as casas, onde o Menino Jesus coloca os brinquedos no sapatinho. Nos largos das vilas, aldeias ou cidades, e nos adros das igrejas são queimadas quase árvores inteiras na fogueira que aquece a noite de natal.

Diz quem vive este Natal que o lume da chaminé é para o menino se aquecer quando vier pela noite dentro recompensar as crianças por se terem portado bem e terem ajudado a fazer o presépio. Vai-se buscar a lenha onde a houver sem necessidade de qualquer autorização: diz-se que é para “aquecer o Menino Jesus” e basta. A notável propensão do povo alentejano para a música fixou estas tradições em quadras:

O Menino vai à lenha
Espetô-le um pico no pé
Chamou Nossa Senhora
Respondê-le Sã José.

Ó mê Menino Jesus
Encostado ó madêro
Ê vos dô a minh'alma
Fazei dela o travessêro


Presépios e Roncas

Os bonecos de Estremoz, em barro cozido e polícromo, dão vida a um dos presépios mais conhecidos do país, com várias figurinhas profano-religiosas. Ainda hoje prestigiados artesãos ceramistas e barristas continuam a concebê-los num estilo muito próprio, numa diversidade de modelos, dimensões e cores.
Os presépios caseiros davam origem a visitas às casa na vizinhança. Em Elvas era habitual entoarem-se cânticos natalícios acompanhados pela “Ronca”, um instrumento semelhante à zabomba espanhola.

Este instrumento pode ser feito de uma panela de barro, cântaro de lata ou de um pote.A ronca leva uma pele a tapar a boca do recipiente, no centro da qual há uma cana.
A qualidade da pele é muito importante por causa do som. Por isso se usam peles de cabra ou borrego, e ainda de bexiga de porco.


A Missadura

Da preparação da mesa para a véspera de Natal fala-nos longamente o livro “Etnologia do Natal Alentejano”, (PESTANA, M. Inácio, Portalegre 1978).

Em algumas terras do distrito de Évora, tanto quanto é possível, faz-se a matança do porco antes do Natal, para se assegurar o abastecimento da “missadura”. Esta missadura (Consoada) ocorre em cada lar logo a seguir à missa do galo e na sua ementa inclui-se toda a variedade de carne de porco.

A Consoada é a seguir à Missa de Natal porque até lá o que se come propriamente ao jantar do dia 24 de Dezembro nas casas alentejanas é a sopa de cação, pescada frita, bacalhau, ou outro peixe, acompanhado com batatas, couve-flor ou grelos. Esta regra tem a ver com o antigo preceito da abstinência, que embora já exista na liturgia ainda é respeitada por muitos.

“Quem não jejua dos Santos ao Natal, ou é besta ou animal”, dizia um velho ditado popular.


(Projecto Évora Distrito Digital)









CONCERTOS DE NATAL - ALVITO E VILA NOVA DA BARONIA

A Câmara Municipal de Alvito promove um concerto de Natal, em cada uma das freguesias do concelho- Alvito e Vila Nova da Baronia. Esta é uma das formas de desejar as Boas Festas a todos os munícipes.

No dia 16 de Dezembro (Sábado) realiza-se na Igreja Matriz de Alvito, pelas 18 horas um concerto pelo Coral Polifónico de Alter do Chão e no dia 23 de Dezembro será na Igreja Matriz de Vila Nova da Baronia, também pelas 18 horas que o Coral de S. Domingos, de Montemor-O-Novo realizará a sua actuação.

sexta-feira, dezembro 01, 2006

ALVITO - NOTÍCIAS





ALVITO NA SÉRIE " A ALMA E A GENTE

No passado dia 9 de Novembro, o Prof. José Hermano Saraiva esteve no Concelho de Alvito com o objectivo de gravar um dos programas da Série “A alma e a gente”.


O programa sobre Alvito passa no próximo dia 3 de Dezembro, na RTP2, pelas 21:30h.











TERRAS SEM SOMBRA

3º Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo
O 3º Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo- Terras Sem Sombra, está a decorrer desde o passado dia 15 de Novembro e prolonga-se até ao dia 24 de Março de 2007.
Este evento financiado pelo Instituto das Artes/ Ministério da Cultura, com o patrocínio da Delta, conta com os seguintes apoios: Câmaras Municipais de Almodôvar, Alvito, Beja, Castro Verde, Santiago do Cacém e Sines; Fundação Caloute Gulbenkian; Fundação das Casas de Fronteira e Alorna; Institut Franco Portugais; Governo Civil do Distrito de Setúbal e Região de Turismo da Planície Dourada.
“O Festival(...) propõe desde 2003 uma programação de qualidade internacional de concertos de música erudita, juntamente com conferências temáticas. O Festival é itinerante, apresentando concertos em concelhos do Baixo Alentejo Litoral ao Interior. Apresenta-se contextualizado por um projecto de animação e valorização do património do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, parceiro fundamental deste projecto e já visitou os concelhos de Almodôvar, Beja, Castro Verde, Cuba, Moura, Odemira, Santiago do Cacém, Sines e Vidigueira. Em 2006/2007 a Arte das Musas conta, para a 3.ª edição do Festival, com a presença de músicos nacionais e internacionais de primeiro plano juntamente com uma nova visita do Coro Gulbenkian, referência da cultura nacional, na temporada em que a Fundação Gulbenkian comemora o seu 50º aniversário. (...) O Festival Terras sem Sombra foi o único projecto, na área da música, apoiado pelo Instituto das Artes/Ministério da Cultura (MC) em todo o Alentejo e foi novamente declarado pelo MC como de Superior Interesse Cultural.(...)”


Programa

2 de Dezembro 2006- 21H30
Sines, Igreja Matriz de São Salvador
Marions Les Roses
O Encontro Oriente-Ocidente na Bacia do Mediterrâneo
Ensemble Les Fin´Amoureuse (Avignon, França)

20 de Janeiro 2007- 21H30
Beja, Igreja Nª Senhora dos Prazeres
Imagens da Música de Tecla Ibérica do Maneirismo ao Pós- barroco
Recital de Cravo e Clavicórdio
João Paulo Janeiro

3 de Fevereiro 2007- 16H00
Santa Cruz(Almodôvar) Igreja Matriz de Santa Cruz
O Consort Português Mal Temperado
Música do Manuscrito 964 da Biblioteca Pública de Braga
A imagem da melancolia, Consort de Flautas

3 de Fevereiro 2007- 16H00
Santa Cruz(Almodôvar) Igreja Matriz de Santa Cruz
O Consort Português Mal Temperado
Música do Manuscrito 964 da Biblioteca Pública de Braga
A imagem da melancolia, Consort de Flautas

3 de Março 2007- 21H30
Alvito, Igreja Matriz de Nª Senhora da Assunção
Canções Sacras e Seculares dos Séc.s XVII e XVIII
Recital de Alaúde Barroco
Miguel Serdoura

24 de Março 2007- 21H30
Santiago do Cacém, Igreja Matriz de Santiago Maior
As Vozes e as Lágrimas Humanas
Música de Marais, Schutz, Corelli, Martini e Couperin
Sete Lágrimas Consort




Natal Social- 2006

O Gabinete de Apoio ao Munícipe, da Câmara Municipal de Alvito está a promover uma campanha de angariação de brinquedos, géneros alimentícios, livros e outro material escolar, com o objectivo de realizar cabazes de Natal para entregar a famílias carenciadas do concelho de Alvito, durante a época natalícia.
Todos os contributos podem ser entregues até ao dia 18 de Dezembro nos seguintes locais:
- Gabinete de Apoio ao Munícipe
-Biblioteca Municipal de Alvito
-Junta de Freguesia de Vila Nova da Baronia


Ajude-nos a ajudar. Contamos consigo.




Dia Internacional dos Voluntários para o Desenvolvimento Económico e Social

A Câmara Municipal de Alvito irá realizar, no dia 5 de Dezembro, pelas 21 horas, no Centro Cultural de Alvito uma cerimónia de atribuição de certificados de Mérito a todas aquelas pessoas e instituições do concelho, que se têm distinguido pela prática do voluntariado nas várias áreas.
Esta iniciativa que se realiza em Alvito, pela 1ª vez visa homenagear e reconhecer o trabalho desenvolvido em prol da comunidade e dos mais carenciados e incentivar as novas gerações para a importância do voluntariado como um dos motores do desenvolvimento económico e social.





Projecto - Circuito Hidráulico de Adução à Barragem de Odivelas

Consulta Pública

O projecto acima mencionado localiza-se nas freguesias de Alvito e Vila Nova da Baronia (concelho de Alvito) e Odivelas (concelho de Ferreira do Alentejo) e está sujeito a um procedimento de Avaliação de Impacte Ambiental.
Nos termos e para efeitos do preceituado no nº2 do artº 14º e nos artºs 24º, 25º e 26º do Decreto-Lei nº 69/2000, de 3 de Maio, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei nº 197/2005, de 8 de Novembro, o Instituto do Ambiente, enquanto Autoridade de Avaliação de Impacte Ambiental, informa que o Estudo de Impacte Ambiental, incluindo o Resumo Não Técnico, encontra-se disponível para Consulta Pública, durante 26 dias úteis, de 23 de Novembro de 2006 a 3 de Janeiro de 2007, nos seguintes locais:
-Instituto do Ambiente- Rua do Século, nº 63 1200-433 Lisboa
-Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo- Estrada das Piscinas, 193 7000-758 Évora
-Câmaras Municipais de Alvito e de Ferreira do Alentejo

O Resumo Não Técnico pode ser consultado nas Juntas de Freguesia de Alvito e de Vila Nova da Baronia (concelho de Alvito) e Odivelas (concelho de Ferreira do Alentejo), encontrando-se também disponível em www.iambiente.pt
No âmbito do processo de Consulta Pública serão consideradas e apreciadas todas as opiniões e sugestões apresentadas por escrito, desde que relacionadas especificamente com o projecto em avaliação. Essas exposições deverão ser dirigidas ao Presidente do Instituto do Ambiente até à data do termo da Consulta Pública.

Participe a sua opinião é importante e conta




Biblioteca Escolar instalada na EB1/ JI
de Vila Nova da Baronia

O concelho de Alvito no ano de 2005 foi integrado no Programa Rede de Bibliotecas Escolares, do Ministério da Educação, tendo sido efectuada uma candidatura pela Câmara Municipal em parceria com o Agrupamento de Escolas do Concelho de Alvito com o objectivo de instalar uma biblioteca na EB1/JI de Vila Nova da Baronia.
Durante o ano de 2006 a Câmara procedeu às obras necessárias na sala onde já funciona a Biblioteca Escolar, comprou mobiliário e outro equipamento, informatizou o espaço e adquiriu e tratou o fundo documental, que neste momento é composto por cerca de 500 documentos.
Esta Biblioteca que integra uma Rede de Bibliotecas Escolares pode desempenhar um papel fundamental nos domínios da leitura e da literacia e na formação global dos alunos, no favorecimento do sucesso escolar e no aprofundamento da cultura literária, científica, tecnológica e artística.



Jardim de Infância de Vila Nova da Baronia com selo de qualidade eTwinning

Em Maio de 2005 o Jardim de Infância de Vila Nova da Baronia entrou para a
lista das escolas da Europa que querem trabalhar em eTwinning.
eTwinning faz parte do programa eLearning da Comissão Europeia e visa a
cooperação de escolas dos diversos países da Europa ligadas pela internet
desenvolvendo projectos comuns. Cada país, através do seu Ministério da
Educação tem um grupo de supervisão para as escolas com projectos etwinning e
através de um concurso Nacional um júri escolhe alguns dos projectos
considerados com qualidade, aos quais é dado um certificado.

Este ano foram atribuídos 10 certificados de qualidade. Dos 479 projectos
inscritos, dois decorreram no Jardim de Infância de Vila Nova da
Baronia com a Educadora Luisa Fadista e as crianças com quem trabalhou e obtiveram Certificado de Qualidade.

Os projectos foram: Litle hands make great things--Portugal, Grécia, Malta e Itália e Entorno Natural en Países Diferentes--Portugal, Espanha e Polónia.

A Educadora foi convidada pelos serviços nacionais para ser embaixadora
eTwinning no Workshop eTwinning internaciomnal que decorreu nos dias 17, 18 e
19 de Novembro em Copenhagen (Dinamarca) e em Malmo (Suécia).

Este ano lectivo estão a ser desenvolvidos 4 projectos eTwinnig no Jardim de Infância de Vila Nova da Baronia:
Toys from the Past, Games from the Future;
Reciclar a Brincar;
Entorno Natural en Países Diferentes e Let The Music Live