terça-feira, abril 04, 2006





AUSÊNCIA


Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua

Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.




(Sophia de Mello Breyner Andresen)

FLASHBACK

Podia ser aí. Contigo. Com o teu corpo ainda nu, ou vestido da luz que entra pelas persianas velhas, trazendo a tremura das folhas na...