Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio 13, 2006
Caros Visitantes e Amigos da Rota do Fresco,



O Campo de Conservação e Restauro da Rota do Fresco chega este ano à sua terceira edição, a penúltima!



Mais uma vez, proporcionamos a possibilidade de, durante uma semana de Junho, Julho e Setembro, aprenderem connosco a ancestral técnica da pintura a fresco no ambiente emocionalmente quente do Alentejo.



A par do curso propriamente dito que, como sempre, conta com o grande especialista nesta área, o Conservador-restaurador Joaquim Inácio Caetano, cada aluno poderá ainda desfrutar de experiências culturais e etnológicas únicas como a Rota do Fresco ao Luar, a actuação exclusiva de um grupo de cante, ou um refrescante passeio de barco no Alqueva.



Este ano, apostamos nos almoço de piquenique debaixo de um chaparro, para melhor saborearmos os nossos jantares gastronomicamente poderosos!



Ficamos à Vossa espera!

(



Catarina Vilaça de Sousa

Projecto Rota do Fresco

Associação de Municípios do Alentejo Central (AMCAL)

Largo do Almeida, 1, 7940-114 Cuba

Tel.:…
O texto que se segue foi-me enviado pelo Manel do Montado.

É um momento fantástico de Vinicius de Moraes que não podia

deixar de publicar para ser conhecido por quem o lê pela

primeira vez e ser relido pelos outros amigos.





Procura-se um amigo – Vinicius de Moraes

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.

Não é preciso que seja de primeira-mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, d…