sábado, setembro 01, 2007

MULHER




Chamam-te linda, chamam-te formosa,
Chamam-te bela, chamam-te gentil...
A rosa é linda, é bela, é graciosa,
Porém a tua graça é mais subtil.


A onda que na praia, sinuosa,
A areia enfeita com encantos mil,
Não tem a graça, a curva luminosa
Das linhas do teu corpo, amor e ardil.


Chamam-te linda, encantadora ou bela;
Da tua graça é pálida aguarela
Todo o nome que o mundo à graça der.


Pergunto a Deus o nome que hei-de dar-te,
E Deus responde em mim, por toda parte:
Não chames bela – Chama-lhe Mulher!


Poema de Rui de Noronha
(Escritor moçambicano 1909-1943)


Foto de Sergey Ryzhkov

2 comentários:

MARIA disse...

Que lindo, Lumife!
Encontras sempre palavras de encanto e suprema beleza para ofertar aos amigos.
O resultado é sempre o mesmo deslumbramento mágico ! Obrigada , tanto mais que também sou mulher.
Um beijinho.
Maria

Kalinka disse...

Lumife
Lindo!
Bela a escolha do escritor moçambicano.

Olhe para o lado:
Há sempre alguém que
Quer ser abraçado e
Não tem coragem de dizer.
Enlace-o.
O pior que pode acontecer
É ganhar de volta um sorriso de carinho
Ou quem sabe, uma palavra sincera.
Você vai descobrir
Que ninguém está sozinho
E que a vida pode ser
Um eterno céu de primavera.

Um bom fim-de-semana
Na companhia de quem mais [o/a] abraça...

E, eu continuo com o ALFABETO. Estás curioso?
Beijitos, letra B
Bom domingo.