segunda-feira, outubro 15, 2007

Não digo adeus...

Foto de Ana Franco-Olhares




Largo no barco
Que ao largo se faz
Olhos rasos de água
- o meu adeus
Das horas más!

Levo-te no coração
Teu lugar preferido
Meu lugar de eleição
Beijo esses lábios
Sentindo o sabor
Que sempre recorda
Momentos de amor

Não digo adeus
Só até à volta
Vejo os olhos teus
Sentindo revolta
Haja o que houver
Ao meu lado estarás
Para ti voltarei
Por mim esperarás



Um último aceno
Um profundo olhar
Amo-te muito!
Sempre te hei-de amar!




LM – 15/10/07

4 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

Paixão pura e cristalina! Assim é que é!

Lisa disse...

Oiiii Lu...

Despedida? Espero que não...

Olha meu querido vim oferecer lindo Selinho pra ti e adoraria que vc tb fizesse parte dela...é no bloguinho azulceleste tá?!

Desejo uma linda semana com doçura...

Beijosss...

Pepe Luigi disse...

Belo poema de paixão e amor.

Um abraço

MARIA disse...

Caro Lumife :
Este poema possui o encanto das palavras construídas por o coração.
É muitíssimo belo.
A pessoa que inspirou este poeta a escrever assim deve sentir-se muito feliz.
Seria a bela e doce lisa ?
Seria outra qualquer musa inspiradora de poetas ?
Seja quem for, deve sentir grande conforto por tão belas palavras que igualmente fizeste o favor de partilhar connosco.
Muito obrigada.
Maria