domingo, novembro 18, 2007

Arte

Artur Bual


Porquê tentar explicar a poesia?
Quem afinal, explica o amanhecer?
ou a luz numa pintura abstracta,
olhada por prazer!


Não peças ao poeta ou ao pintor,
o porquê dos traços geniais;
o som, a cor, a dança, a escrita…
são gestos naturais!


Tortura-se o pintor perante a tela,
compõe-se com tristezas a poesia,
doi a música ao criar uma ária,
sonhando a melodia.


No dia em que o artista for capaz
de explicar aquilo que criou…
evaporou-se a arte, a fantasia
do sonho que sobrou!


O poeta, cheira a flor… cria um poema.
O pintor, olha para o céu… e pinta a lua.
Se crias sinfonia ao ouvir aves…
então a arte é tua!



Orlando Fernandes
(Fronteiras do Sonho)

7 comentários:

Vieira Calado disse...

Estou de acordo. A poesia é para ler ou ouvir e não para nos darmos a grandes interpretações, tal como
a pintura é para olhar.
Bom resto de Domingo

lena disse...

é arte meu amigo e eu adoro

em tela, num simples papel pintada ou escrita


"O poeta, cheira a flor… cria um poema."


como é verdade e que bem me soube vir aqui

abraço-te com a mesma ternura de sempre

beijinhos

lena

Paula Raposo disse...

Sem dúvida. Concordo. Coisas que não se podem explicar...deixariam de ser mágicas! Beijos.

Maria, Flor de Lotus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria, Flor de Lotus disse...

LUMIFE:
Como poucos, tu que és sensível às palavras dos poetas, poderias transmitir a beleza e o significado desta "Arte".
É muito bonita a canção do Jorge Fernando que tens colocada hoje com estes versos.
"Deixa-me só , por um dia".
Só, jamais tu ficarias : sempre entre amigos, amigas, entre pessoas queridas. Ainda assim, se deixo o Beja "por um dia" logo sinto saudades da tua poesia tão impressiva, tão empática.
Vamos assim combinar alterar esse pedido para " fica comigo a cada dia ". Pode ser ?
(NB : eliminei o c. anterior para corrigir lapsos de escrita)
um beijinho
Um dia, chuvoso,(pelo menos aqui pelo Oeste) feliz !
Maria

Fernanda e Poemas disse...

Olá Lumife, até que enfim passo pelo teu blogue.
E está lindo como sempre.
Muitos beijinhos,
Fernandina

Teresa David disse...

GOSTEI PARTICULARMENTE DO POEMA ATÉ PORQUE, COMO SABES PINTO E FOTOGRAFO, LOGO GOSTO DE PAIXÃO DE CAPTAR AS IMAGENS QUE POR VEZES OS OUTROS OLHAM E NÃO VÊEM. ASSIM COMO TAMBÉM APRECIO A PINTURA DO BUAL QUE CONHECI AQUI EM ALMADA ALGUNS ANOS ATRÁS.
BJS PARA VÓS TODOS
TD