domingo, setembro 16, 2012

A CASA FICOU POR CONSTRUIR ...




A casa ficou por construir 

Cheguei tarde 

E o ardor mútuo não impede 

Que os nossos caminhos 

 Sejam diferentes 


 A casa ficou por construir 

As várias salas 

Os longos corredores 

O quarto mais tranquilo 

Com seu leito 


 A janela rasgada 

Donde te veria surgir 

Todos os dias 

A lareira que nos protegeria 

Do que a vida tem de enregelado 


 O suceder das estações acompanhando 

O acumular dos anos e a confiança 

Que um amor profundo dissemina 


 Vivo num cacifo solitário 

No outro lado do oceano 

Longe tão longe donde tu nasceste 


Mas a casa

Nossa 

Ficou por construir 


 Pássaro ferido 

Sou um hóspede 

No teu coração 



 Alberto de Lacerda