sexta-feira, fevereiro 13, 2015

PORQUE EXISTES...




De ti, quero apenas a saudade
dum passado nosso, há tanto tempo
de ti, quero apenas a verdade
dum tempo loucura e sentimento.

Nada te peço, nada mais desejo
que a pálida sombra dessa era
vida em que tivemos o ensejo
de vivermos os dois em primavera.

Depois, foi o adeus, outras viagens;
e perdidos na bruma do instante
perdemo-nos de nós e fomos tristes...

encontrei-te hoje; outras paragens
vai-se a bruma com o sol radiante
e sou de novo feliz, pois tu existes!...

MARIA MAMEDE

Sem comentários: