sábado, março 28, 2015

NENHUMA MORTE APAGARÁ OS BEIJOS




NENHUMA MORTE APAGARÁ OS BEIJOS
Nenhuma morte apagará os beijos
e por dentro das casas onde nos amámos
ou pelas ruas clandestinas da grande cidade livre
estarão para sempre vivos os sinais de um grande amor
esses densos sinais do amor e da morte
com que se vive a vida.
Aí estarão de novo as nossas mãos.
E nenhuma dor será possível onde nos beijámos.
Eternamente apaixonados, meu amor.
Eternamente livres.
Prolongaremos em todos os dedos os nossos gestos e,
profundamente, no peito dos amantes
a nossa alma líquida e atormentada

desvendará em cada minuto o seu segredo
para que este amor se prolongue e noutras bocas
ardam violentos de paixão os nossos beijos
e os corpos se abracem mais e se confundam
mutuamente violando-se, violentando a noite
para que outro dia, afinal, seja possível.

Joaquim Pessoa.


Foto de Hamanov Vladimir






quinta-feira, março 05, 2015

AMIZADE




De mais ninguém, senão de ti, preciso:
Do teu sereno olhar, do teu sorriso,

Da tua mão pousada no meu ombro.
Ouvir-te murmurar: "Espera e confia!"

E sentir converter-se em harmonia,
O que era, dantes, confusão e assombro.



Carlos Queirós (Poeta Português, 1907-1949)



Foto de Рябок Андрей 

AMO-TE POR TODAS AS RAZÕES E MAIS UMA


Amo-te por todas as razões e mais uma

Por todas as razões e mais uma. Esta é a resposta que costumo dar-te quando me perguntas por que razão te amo. Porque nunca existe apenas uma razão para amar alguém. Porque não pode haver nem há só uma razão para te amar.Amo-te porque me fascinas e porque me libertas e porque fazes sentir-me bem. E porque me surpreendes e porque me sufocas e porque enches a minha alma de mar e o meu espírito de sol e o meu corpo de fadiga. E porque me confundes e porque me enfureces e porque me iluminas e porque me deslumbras.Amo-te porque quero amar-te e porque tenho necessidade de te amar e porque amar-te é uma aventura. Amo-te porque sim mas também porque não e, quem sabe, porque talvez. E por todas as razões que sei e pelas que não sei e por aquelas que nunca virei a conhecer. E porque te conheço e porque me conheço. E porque te adivinho. Estas são todas as razões.Mas há mais uma: porque não pode existir outra como tu.
Joaquim Pessoa em Ano Comum

Foto de Sergey Ryzhkov

domingo, março 01, 2015

O TEU SORRISO




O TEU SORRISO


Sorrio ao ver o teu sorriso
no rosto das crianças


encontro o teu sorriso
em tudo por onde passo

reparo nas pessoas
que revelam o teu sorriso

sorrio ao pensar em ti
recordando o teu sorriso

olho o espelho
onde se reflecte o teu sorriso

Foge o tempo e mais tempo
sempre me acompanha o teu sorriso

passo os dias e as noites
sonhando com o teu sorriso

esse sorriso
me chama
me atrai
me sufoca
é por esse sorriso
que te amo
que te quero
que me perco

sempre
quero sempre lembrar
esse sorriso.


28Fev2015
Lumife
foto de Igor