Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro 25, 2017

JUVENÍLIA VII

Imagem
Juvenília VII . Ah! quando face a face te contemplo, E me queimo na luz de teu olhar, E no mar de tua alma afogo a minha, E escuto-te falar; . Quando bebo no teu hálito mais puro Que o bafejo inefável das esferas, E miro os róseos lábios que aviventam Imortais primaveras, . Tenho medo de ti!... Sim, tenho medo Porque pressinto as garras da loucura, E me arrefeço aos gelos do ateísmo, Soberba criatura! . Oh! eu te adoro como a noite Por alto mar, sem luz, sem claridade, Entre as refegas do tufão bravio Vingando a imensidade! .