sábado, outubro 01, 2005

MOVIMENTO INDEPENDENTE - ALVITO e VILA NOVA DA BARONIA


Trabalho - Rigor - Seriedade - Isenção - Humildade



Uma equipa para trabalhar com todos e para todos!!!

A sua (única) alternativa de mudança !












"A todas as pessoas do Concelho de Alvito; jovens e anciãos, mulheres e homens, com ou sem partido e ou de todos os partidos, de todas as religiões ou sem religião, ricos ou pobres, a todos...SEM EXCEPÇÃO ALGUMA, dirigimos este esclarecimento.

Nós: o ( pedro, a maria, o antonio o manel ) somos aqueles que vocês encontram desde há muito pelas ruas de Vila Nova e Alvito, conhecem as nossas famílias e as nossas historias de vida, têm ideia das nossas qualidades e defeitos, sabem que somos diferentes uns dos outros, que temos opiniões diversas sobre muitas coisas, sabem que entre nós, mesmo no campo político partidário, as simpatias são muito diferenciadas.

Sabem tudo isto e, por isso, é normal que se perguntem o que é que nos une, ao ponto de vos propor que confiem nesta equipe para, com a vossa participação e empenho, transformar o Município de Alvito, numa terra onde muita gente gostaria de viver.

O que nos une...é a vontade firme de ficar... ficar e lutar para que os nossos filhos e os filhos dos nossos filhos tenham condições para continuar a povoar estas terras que são a referência da nossa identidade.

Ficar...para que a diminuição constante e progressiva do número de habitantes não leve ao desaparecimento do Município.

Ficar...para tentar ser exemplo de não resignação, de não aceitação do fatalismo de ter de partir para poder governar a vida.

O que nos UNE....é a vontade de nos unirmos para travar a batalha da sobrevivência deste Município."


"....
A maneira de governar um Concelho desta dimensão, pode, por si só, ser a âncora chave do seu desenvolvimento, basta ousar inovar e investir inteligência, persistência e determinação nesse objectivo.

Viver numa terra onde “ a governação é um apelo pedagógico à participação dos cidadãos no quotidiano das decisões formais e informais da comunidade” pode ser motivo suficiente para atrair a esse espaço as pessoas que tanta falta fazem à sustentação do seu desenvolvimento.

Ser capaz de conceber e desenvolver um tal processo, é bem mais importante que elaborar linhas programáticas baseadas em listas de obras a fazer, cada qual a ver quem mais obras promete, quer haja ou não recursos materiais e financeiros para as executar !."

"....
Embora estejamos conscientes da necessidade, (dados os condicionalismos da tradição), de também proceder a uma listagem de intenções de realização de iniciativas e obras, queremos deixar bem claro que, para as pessoas de Alvito e Vila Nova da Baronia, o mais importante não devia ser dizer que obras ou iniciativas nos propomos fazer, mas sim, COMO VAMOS FAZER ESSAS COISAS...com as pessoas ou sem elas.

INOVAR....romper com a velha maneira de “Governar como se o poder dado pelo voto fosse um poder que pode dispensar a participação cívica de todos os cidadãos e o diálogo democrático com a as entidades da Sociedade Civil organizada”... é possível. POSSÍVEL e necessário, até para a salvaguarda da Democracia e da LIBERDADE.

Governar para as pessoas, sem que elas participem dos processos de discussão e decisão, é governar contra elas. À escala Local...este é o grande desafio do nosso tempo...têm futuro os territórios que o compreenderem e assumirem !

Bem sabemos que -“palavras leva – as o vento”- e que, palavras de candidatos, raramente significam actos.

Nós já não somos apenas candidatos, para lá dos resultados eleitorais, assumimos a nossa condição de militantes activistas para que Alvito seja “ Terra onde muita gente gostará de viver”.

OLHOS NOS OLHOS, MÂOS NAS MÂOS...PELA NOSSA TERRA."




(Excertos de um texto de um apoiante do Movimento Independente)

.





- ALVITO - Um fim de semana prolongado


Passei uns dias em Alvito onde tanta coisa acontece.

Posso dizer que aproveitei bem cada momento ali passado. Assisti aos mais diversos eventos que tentarei resumir para deles vos dar conhecimento.

Antes, porém, devo ressaltar o “matar as saudades” dos muitos amigos e conhecidos que encontrei passados tantos anos. E como, por vezes, se tornou difícil identificar aqueles rostos… Muitos só lá fomos ouvindo os nomes de família ou as alcunhas que quase todos tínhamos na altura.
Também o conhecer pessoalmente quem só através dos blogs contactava , foi uma nova experiência. Foi uma sensação muito agradável.

Em todos os casos encontrei a maior simpatia, amizade e o melhor acolhimento.

Merece neste ponto incluir duas quadras da amiga Olinda:

A amizade é beleza,
É viver com alegria,
Reparte-se a gentileza
Vive-se bem dia a dia.


Ter amigos é viver,
Sentir o tempo passar,
Sem amigos é morrer
Sentindo a vida parar.


……….. …………..



Tive a oportunidade de assistir a um debate entre os 4 candidatos às Autárquicas, cabeças das listas dos partidos políticos CDU, PS, PSD e do MOVIMENTO INDEPENDENTE.

O salão estava repleto e sei que através da Rádio Planície (promotora do encontro) muitos foram os habitantes do Concelho que seguiram o desenrolar da sessão.

Bom sinal de cidadania.

…………… …………… --------------




Participei num almoço dos naturais desta terra que estiveram no Ultramar.

Ponto de encontro onde se reviveram momentos já passados mas ainda tão vivos e que nos trouxeram
todo o género de lembranças.

Foi bom recordar e rever alguns amigos de então.


………… …………………. ………..
(Foto retirada do Alvitrando)




Foi-me impossível estar presente na entrega de prémios de Poesia Raul de Carvalho e dos vencedores da IV edição dos Jogos Florais na Biblioteca Municipal de Alvito. Conto, no entanto, com a amiga Dina para vos dar essas notícias.

……………. ……………… …………..




Seguiu-se em Vila Nova da Baronia, na Igreja Matriz, o Concerto “A Música (en)canta o Património” com o St. Dominic’s Gospel Choir.

Novidade musical para estes lados foi aceite com entusiasmo pela assistência.

………………. ……………. ……………




Outra iniciativa, esta do Clube Natureza de Alvito – Competição de Orientação Pedestre - integrada na Taça de Portugal FPO, congregou à sua volta, segundo me informaram, cerca de 600 presenças (entre atletas e técnicos) e decorreu nos dias 24 e 25 nas ruas de Alvito tendo as metas de controle na Praça da República.


…………… ………………… ……………..




No Domingo, correspondendo ao amável convite dos Ludinais, (maravilhosas pessoas de trato e simpatia) jantámos na Vidigueira, no restaurante Vila Velha que recomendo vivamente.
Saboreei uma açorda alentejana com bacalhau como já há muito não o fazia. O vinho da Herdade dos Pinheiros acompanhou soberbamente este manjar.
Voltarei certamente a visitar esta casa em próxima oportunidade.

………………….. ………………




Ficamos por aqui, por hoje. Mas muito mais vos tenho para contar :

-I Encontro de Turismo de Alvito.

-Exposição de Fotografia "Retrospectivas" de JOÃO ESPINHO.

-Rota do Fresco ao Luar.

-Alvito em Concerto.