segunda-feira, junho 05, 2006

Mensageira

Foto de Rebecca Xenia Wright-fotocommunity




Mensageira

Vem amiga, vem depressa,
novas do meu Amor trazer,
não durmo nem descanso
à espera de as conhecer;

O sonho comanda a vida
já lá dizia o poeta
Eu continuei sonhando
à espera da hora certa;

O tempo correu demais
passaram assim muitos anos
o pensamento era só um
apesar dos desenganos;

Quando te vi ali
nem queria acreditar,
olhei-te bem nos olhos,
parecia querer levitar;

O beijo que nós trocámos
ficou-me sempre gravado.
Quem poderá esquecer
a ternura do ser amado?

A chama que sempre viveu,
neste coração apaixonado,
tornou-se fogo intenso,
alto e descontrolado.

Queria estar perto de ti,
quimera dos meus desejos,
seríamos , por certo, felizes
na troca dos nossos beijos.

Não há dia, não há noite,
há sempre uma recordação,
tenho-te gravada na alma
esculpida no coração.

Obrigado Mensageira
pelas novas que me trazes
continuarei porfiando
em lutas tão audazes.



Lumife 05 de Junho de 2006

EM TUAS ÁGUAS ...

EM TUAS ÁGUAS ... Em tuas águas navego Em ti resumo o périplo da minha volta ao mundo. Fora de ti, não há saída ou rumo...