sábado, março 28, 2015

NENHUMA MORTE APAGARÁ OS BEIJOS




NENHUMA MORTE APAGARÁ OS BEIJOS
Nenhuma morte apagará os beijos
e por dentro das casas onde nos amámos
ou pelas ruas clandestinas da grande cidade livre
estarão para sempre vivos os sinais de um grande amor
esses densos sinais do amor e da morte
com que se vive a vida.
Aí estarão de novo as nossas mãos.
E nenhuma dor será possível onde nos beijámos.
Eternamente apaixonados, meu amor.
Eternamente livres.
Prolongaremos em todos os dedos os nossos gestos e,
profundamente, no peito dos amantes
a nossa alma líquida e atormentada

desvendará em cada minuto o seu segredo
para que este amor se prolongue e noutras bocas
ardam violentos de paixão os nossos beijos
e os corpos se abracem mais e se confundam
mutuamente violando-se, violentando a noite
para que outro dia, afinal, seja possível.

Joaquim Pessoa.


Foto de Hamanov Vladimir






quinta-feira, março 05, 2015

AMIZADE




De mais ninguém, senão de ti, preciso:
Do teu sereno olhar, do teu sorriso,

Da tua mão pousada no meu ombro.
Ouvir-te murmurar: "Espera e confia!"

E sentir converter-se em harmonia,
O que era, dantes, confusão e assombro.



Carlos Queirós (Poeta Português, 1907-1949)



Foto de Рябок Андрей 

AMO-TE POR TODAS AS RAZÕES E MAIS UMA


Amo-te por todas as razões e mais uma

Por todas as razões e mais uma. Esta é a resposta que costumo dar-te quando me perguntas por que razão te amo. Porque nunca existe apenas uma razão para amar alguém. Porque não pode haver nem há só uma razão para te amar.Amo-te porque me fascinas e porque me libertas e porque fazes sentir-me bem. E porque me surpreendes e porque me sufocas e porque enches a minha alma de mar e o meu espírito de sol e o meu corpo de fadiga. E porque me confundes e porque me enfureces e porque me iluminas e porque me deslumbras.Amo-te porque quero amar-te e porque tenho necessidade de te amar e porque amar-te é uma aventura. Amo-te porque sim mas também porque não e, quem sabe, porque talvez. E por todas as razões que sei e pelas que não sei e por aquelas que nunca virei a conhecer. E porque te conheço e porque me conheço. E porque te adivinho. Estas são todas as razões.Mas há mais uma: porque não pode existir outra como tu.
Joaquim Pessoa em Ano Comum

Foto de Sergey Ryzhkov

domingo, março 01, 2015

O TEU SORRISO




O TEU SORRISO


Sorrio ao ver o teu sorriso
no rosto das crianças


encontro o teu sorriso
em tudo por onde passo

reparo nas pessoas
que revelam o teu sorriso

sorrio ao pensar em ti
recordando o teu sorriso

olho o espelho
onde se reflecte o teu sorriso

Foge o tempo e mais tempo
sempre me acompanha o teu sorriso

passo os dias e as noites
sonhando com o teu sorriso

esse sorriso
me chama
me atrai
me sufoca
é por esse sorriso
que te amo
que te quero
que me perco

sempre
quero sempre lembrar
esse sorriso.


28Fev2015
Lumife
foto de Igor

EM TUAS ÁGUAS ...

EM TUAS ÁGUAS ... Em tuas águas navego Em ti resumo o périplo da minha volta ao mundo. Fora de ti, não há saída ou rumo...