domingo, março 05, 2006

Esteja onde estiver

Photonet-Lee Ladouceur





Esteja onde estiver,
Enviar-te-ei o meu adeus
Por todos os barcos do mar,
Que o transportarão no cimo das velas brancas,
Juntamente com a brisa suave
Do eco da minha voz
Que perdida na lonjura do espaço,
Te dará novas de mim!


O longe da distância
Que me separar de ti,
Será sempre encurtado
Pelas gaivotas esguias
Que desenharão nos ares
A mensagem dum aceno breve
Que perdida na lonjura do espaço,
Te dará novas de mim!


No regresso, os dois seremos um
E partiremos de mãos dadas
Como adolescentes apaixonados
A caminho do nada que nos resta;
Resignados e puros
Como este meu poema,
Que perdido na lonjura do espaço,
Te dará novas de mim!


Orlando Fernandes (Fronteiras do Sonho)

2 comentários:

wind disse...

Mais um lindo poema desse autor. Lumife há maneira de adquirir esse livro? É que pelo que editas aqui, gosto muito dele. beijos

O Micróbio disse...

Estejas onde estiveres... com estas palavras, estarás sempre bem!