segunda-feira, junho 12, 2006

Foto de Sergey Rizkov





Onde quer que estejas
(encontrar-me-ás).
Encontrarás o meu rastro.


Como fumo de incenso
levado pelo vento.


Vás para onde fores
o vento encontrar-te-á.


Irei nele.
Com ele.


Fundir-me-ei contigo
porque me inalarás
no ar que respiras.



(Conceição Paulino in Falar Mulher)




Rasguei o peito
e dele saíu uma estrela


Com os dedos
afastei os bordos
e olhei o mar
que de dentro brotava


azul cintilante e renovado

(Conceição Paulino in As Tarefas Transparentes)

10 comentários:

batista filho disse...

Meu irmão, grato por essas maravilhas, que eu não conhecia. Valeu, mesmo!

André Ferreira disse...

Belos poemas. Não conhecia a poetisa. Obrigado pela partilha

Lisa disse...

É lindo o post...

Tb lhe desejo dia especial cheio de ternura...feliz "Dia dos Namorados" pra ti...

Te adoro...

Beijossss...

della-porther disse...

Querido lumife.
Estou com saudades...nunca mais fostes me visitar...snif

Aqui tudo sempre lindo...poemas que encantam.
Feliz dia.
Beijos
Emilia Couto (della-porther)

Roderick disse...

Nice Poetry

Isa&Luis disse...

Olá,

Imagem linda acompanhada por palavras tão belas, o conjunto ficou encantador.

Obrigada pelo momento!

Beijinhos

Isa

TMara disse...

meu amigo, fiquei tão sensibilizada por teres destacado com este maravilhoso enquadramento dois poemas meus...Sinto-me prestifgiada e honrada. Obrigada com muito carinho. Bj para todos vós :)

batista filho disse...

És tu, TMara?! Volto a dizer: que maravilha de versejar, amiga! Parabéns. Um beijo.

wind disse...

2 belíssimos poemas! beijos

Lumife disse...

.