quarta-feira, julho 18, 2007

ANRIQUE PAÇO D'ARCOS - UM POETA PORTUGUÊS...

foto de Jean Jacques André


Saudade é querer viver o já vivido,
Querer amar e ter amado já…
Sentindo o coração anoitecido,
Querer beijar a luz que o sol lhe dá.


Saudade é ver fugir o bem perdido,
Não podendo ir com ele onde ele vá;
Ai, saudade afinal é ter nascido
Na certeza que a vida acabará!


Horizontes sem fim, novas paisagens…
Saudade é vago espelho onde as imagens
Têm vida para além da realidade.


Saudade é tudo enfim que me rodeia;
Um relevo de passos pela areia;
A morte, a vida, o amor, tudo é saudade…




foto de Gerhardt Thompsonz


Ó meu saudoso olhar, penumbra triste
Que da alma das coisas se enamora,
Onde o riso se extingue e aonde chora
A lágrima de tudo quanto existe.


Ó meu saudoso olhar, relembra agora
Aquela doce luz que um dia viste
Iluminar-te a vida e que persiste
Em deslumbrar-te ainda, como outrora.


Tudo é silêncio e dor; tudo é saudade.
E lembro o meu amor e o seu encanto,
Os seus olhos de estranha claridade.


Ó meu bendito amor! Bendita luz!
Por quem eu dava a vida e tudo quanto
Além da própria vida me seduz!




foto de Sissi


Esta tristeza que me envolve agora
Nem me deixa sequer pensar em mim…
Cai na terra o silêncio; e nesta hora
A minha dor vai descansar enfim.


O sol ao longe todo o céu colora
De nuvens cor de fogo e de rubim;
E as árvores também, como quem ora,
Rumorejam nas sombras do jardim.


E no silêncio desta tarde linda
Paira na terra uma doçura infinda,
Asas leves de sonho e de agonia…


Morrem ao longe as nuvens incendiadas,
Quando o silêncio e a sombra de mãos dadas
Amortalham a luz, ao fim do dia…

15 comentários:

jorge vicente disse...

aconselho-te, meu bom amigo, o grande poeta Mário Beirão, nascido em Beja. O chamado poeta do crepúsculo, segundo as palavras de alguns. E o poeta da Saudade Alentejana.

um grande abraço
jorge

sagher disse...

que belos sonetos me deste a conhecer.
obrigado

MARIA disse...

Muito lindo.
Bj
Maria

LEONOR C. disse...

Fiquei mais enriquecida pois não cohecia estes sonetos. Lindos!

José Gomes disse...

Não conhecia este poeta e gostei muito dos sonetos.
Aquela fotografia da Sissi está um espectáculo.
Parabéns.
Um abraço,
José Gomes

Doutroladodomar disse...

Lindos...e tristes .. Beijo, amigo

Olhos de Mel disse...

Não só fiquei emocionada, como arrepiada! Ufa... que lindos poemas! Suas palavras tocaram minha alma. Ai saudade... que descreveu tão bem!
Bjs

Olhos de Mel disse...

Bjs

Papoila disse...

saudades minhas

Beijos

bitu disse...

♥**♥*Neste momento
*♥*♥*lembrei de ti e senti
*♥*♥*uma vontade imensa de
*♥*♥*poder te dar um abraço.
*♥*♥*Onde você estiver sinta
*♥*♥*o meu carinho.
*♥*♥*
*♥* :¸.•*¨).:“ *♥*´“:¸.•*
¨:…:“ *♥*´“:¸.•*¨).:“ *♥*´“:¸.•*(.:“ *♥
Ter amigos, * .. * . * ..: é como (¸.`
... *`.¸.•´ *( *. * . olhar para o céu, . * . *
* .. *..(¨`•.•´¨). *`•.¸.•´* . * . * . *
..* ... *`•.¸.•´ ¸. ¸.•*e ver sempre . * .*..
( * . * . * . * .. *..(¨`¸.´* . * . *) . * ..* ...
*¸.•´ * uma estrela *. (¨`•.•´¨)* . *..* *
. * ... ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)brilhando *..(¨
•.•´¨) especialmente. *`• ¸.•´* . * . * . *
..* ... *`•.¸.•´ * *. para nós....... * . * .
...*(¨`•.•´¨) . * .`•.. * . * * . * .
.*. `•.¸.•´Você •.. * . * . * . ¸.•*¨)
* .. *..(¨`•.•´¨). *`•.¸.•´* . * . * . *
..* ... *`•.¸.•´ * é uma estrela *. * . *
* . especial * . * . . * . *.*. * . * . *
¸.•´¸.•*´¨) Bjs e uma boa semana¸.•*¨)
(¸.•(* . *.*`•.¸.•´* . * . * . *)´ .•*¨)

Olhos de Mel disse...

Saudade doi, machuca.
Bom fim de semana!
Bjs

NINHO DE CUCO disse...

Para a minha alma poética foi bom passar por aqui.
Continuem!

O SILÊNCIO CULPADO disse...

É um blogue com grande beleza e revelando uma extrema sensibilidade. Gostei também de encontrar um espaço dedicado às crianças desaparecidas, flagelo que não pára de aumentar sob a impunidade das nossas leis.

Rosa Brava disse...

Belos sonetos... posso levar "emprestado" um deles?
Bj ;))

a ALMA das IMAGENS disse...

Obrigado pela poesia.
Obrigado por utilizares uma das minhas fotos.
Abraço de alma.
Sissi