quinta-feira, janeiro 03, 2008

As Palavras

Foto de António Carreteiro - Olhares




São como um cristal, as palavras.
Algumas, um punhal, um incêndio.
Outras, orvalho apenas.

Secretas vêm, cheias de memória.
Inseguras navegam: barcos ou beijos,
as águas estremecem.

Desamparadas, inocentes, leves.
Tecidas são de luz e são a noite.
E mesmo pálidas verdes paraísos lembram ainda.

Quem as escuta?
Quem as recolhe, assim, cruéis, desfeitas, nas suas conchas puras?


Eugénio de Andrade

18 comentários:

Marta disse...

Boa escolha..Como todos os poemas de Eugénio de Andrade, é simples, suave...
Ler e ouvir as palavras tão sãs, tão verdadeiras é uma benção...
Obrigada pela partilha - bom Ano 2008
Até já
Beijos e abraços
Marta

Lapa disse...

Bom poema. Bem ilustrado.

José Rasquinho disse...

Prestar atenção ás palavras, seria uma boa forma de começarmos este novo ano!!!!!
Um bonito conjunto de foto e poema.
Abraço

Charlie disse...

Em primeiro lugar, amigo Lumife deixe-me pegar na esteira do Eugénio e fazer das palavras um sentir sentido expresso nos votos dum bom Ano.
Depois dar-lhe os parabéns pelo inultrapassável critério de elevação e bom gosto que tem feito deste espaço virtual um marco, uma referência. Espero muitos e bons posts para este ano a par da revisitação de posts anteriores. Intemporais, excelentes.
Um abraço e a reformulação dos votos expressos.

carlos

http://cartassemvalor.blogspot.com/

peciscas disse...

Ou, como disse outro escritor:
As palavras são pistolas carregadas."

Lisa disse...

Oiii Lu...

Deixo a minha palavra de cristais suavemente para que tenha um lindo final de semana ...

Beijossss...

Bichodeconta disse...

linda a foto, o poema é uma maravilha..Quem começa assim o ano só pode ter um grande ano..um abraço..

Sol da meia noite disse...

As palavras, são sempre poderosas...

Bom Ano!!!
Beijinho

C Valente disse...

Bom ano 2008, e que tudo corra á medida do seu desejo
Saudações amigas

lua prateada disse...

Muito lindo ...gosto das coisas simples teem mais beleza e soam bem mais naturais.
Benvindo perante nós neste novo ano e que ele te dê tudo o que ânseias.
Belo e feliz fim de semana.
Beijinho prateado com carinho
SOL

Maria Luar disse...

Deixa ficar comigo a madrugada
É noite de lua cheia

abracinho

*
xi
*

pin gente disse...

... a forças das palavras

Paula Raposo disse...

As palavras certas. Adoro Eugénio de Andrade. Beijos.

arte por um canudo disse...

Boa escolha com as palavras certas.Bom Ano 2008 e um grande abraço.

wind disse...

Lindo:)
Beijos

De Amor e de Terra disse...

Beleza de imagem associada a um suave poema de Eugénio!
Obrigada por me (nos) dar a conhecer fotógrafo de tamanha grandeza e relembar poemas de Eugénio de Andrade.

Bj

Maria Mamede

Brancamar disse...

Eugénio de Andrade, sempre único!
Relê-lo e recordá-lo é sempre para mim uma benção.
Obrigada

Kalinka disse...

AMIGO começaste o 2008 em GRANDE...

As tuas fotos são MAGNÍFICAS.
Adoro vê-las em tamanho XXL, pena que as minhas são sempre pequenitas...
As escolhas das fotos são o MÁXIMO, adorei esta, como complemento da poesia de «Eugénio de Andrade».
Parabéns!!!