E QUE VENHA A NOITE...






Presenteia-me o riso de teus olhos
a ténue luz de teu sorriso
o milagre de teu nome
em minha boca.

Presenteia-me a umidade de teus beijos
o tíbio manto de teu abraço
o mar embravecido de teu corpo
junto ao meu.

Presenteia-me o amanhecer de tuas paixões
o espelho frágil de tuas chuvas
tua inocência feita mulher
com minhas carícias.


Presenteia-me teu amor
amor
e que venha a noite...




CARLOS ENRIQUE UNGO

Tradução Maria Teresa Almeida Pina



Comentários

Paula Raposo disse…
Muito belo poema! Obrigada pela partilha. Beijos.

Mensagens populares deste blogue

ACORDANDO

ALDA GUERREIRO

ANRIQUE PAÇO D'ARCOS - UM POETA PORTUGUÊS...