Olhar

Foto de Leona L



Olhas-me entre a surpresa e o desencanto
e eu fico embaraçado ante esse olhar:
nada podia perturbar-me tanto
como uns olhos roubados ao luar
das noites em que o tempo e o lugar
se faziam de espuma, luz e espanto.
Mas o que importa, sobre a ruinosa
erosão dos desenganos,
é esta força de quem ousa
amar-te acima do passar dos anos.


Torquato da Luz

Comentários

Naeno disse…
Que linda poesia. Extrema com o que não falta. Muito bela.
E a foto, já que me chamou a atenção tanto quanto a poesia, é outra obra a se admirar.

Um beijo
Naeno
Aspásia disse…
CARO LUMIFE

AGRADEÇO SUAS VISITAS AO MEU BLOG E TARDE RETRIBUO, MAS O TEMPO ESCASSEIA...
MAGNÍFICA ESTA FOTO, QUE DE IMEDIATO ME RECORDOU OS QUADROS DO NOSSO GRANDE PINTOR MEDINA. QTO A ESTE POETA JÁ OUVI FALAR, MAS NADA RECORDO DE TER LIDO DELE. ESTE É UM POEMA COM O SENTIMENTO DA ALMA PORTUGUESA, CARACTERÍSTICA DENOTADA, AO QUE ME APERCEBI, PELA MAIORIA DOS POEMAS APRESENTADOS NO SEU ESPAÇO.

PARABÉNS E ESPERO TER TEMPO PARA O VISITAR MAIS VEZES

BEIJINHOS
Maria disse…
Já não passava pelo seu blog à um tempo, mas é com muito agrado volto e leio um poema com tanto significado.
O olhar é sempre o que mais me atrai nas pessoas.
A foto, como antes disseram, é lindíssima, de uma simplicidade exuberante.
Olhos de mel disse…
Bela foto para compor uma bela poesia!
Beijos
Paula Raposo disse…
Perfeito de belo, este poema!! Beijos.
carla granja disse…
é sempre bom ler boa poesia acompanhado com uma bela foto e é bom k com o passar dos anos o amor continu-e . gostei muito. eu nao tenho boa poesia ,mas te convido a ler um misterio de amor:)
bjo
carla granja
Gi disse…
Perfeito o poema e a imagem que o ilustra. Conheci este poeta através de um blogue. Interessantíssimo.

Bom fim de semana
Moura ao Luar disse…
Não fossem os olhos o verdadeiro espelho da alma...
Papoila disse…
Poema clara e límpido como o olhar ... Lindo.

Beijos
BF
Anónimo disse…
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

Mensagens populares deste blogue

ACORDANDO

ALDA GUERREIRO

ANRIQUE PAÇO D'ARCOS - UM POETA PORTUGUÊS...